Poema (“Catecismo”, por Fernando Paixão).

Poema (“Catecismo”, por Fernando Paixão).


CATECISMO

Água benta para os olhos
ícone de circuitos e tentáculos
vaivém de saberes e cascalhos
sagrados venais profanos

agora somos cibernéticos
nem gregos nem moicanos
todos os dias oramos
Ave Maria à internet.

Este e alguns outros poemas foram publicados no jornal Folha de S. Paulo, na seção “Ilustríssima”, de 5 de dezembro de 2010. Em uma série de poemas, o poeta Fernando Paixão se desperta para centrais preocupações do mundo contemporâneo, aludindo aos novos fenômenos sociais formados pelo mundo urbano e cibernético.

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: